COMO COMEÇAR A MEDITAR?

 

A meditação é, sem dúvida, a melhor ferramenta de autoconhecimento, e o autoconhecimento é, sem dúvida, a melhor forma de termos uma vida mais próspera, em todos os sentidos.

Aí você vai dizer: “Mas meditar é muito difícil! Não consigo não pensar em nada.”. Muitas pessoas desistem logo no início porque acham que devem ficar sentadas durante horas com a mente vazia. E quem consegue fazer isso? Ninguém. Porque não é assim que se medita. Calma, eu vou explicar.

Meditar não é sentar, mandar a mente ficar quieta e não pensar em nada. A natureza da mente é pensar sem parar, então é praticamente impossível frear os pensamentos de uma hora para outra. Como diz a monja Coen: “Nós não fazemos meditação para ter morte encefálica. Nós fazemos para acordar.” O que acontece, na verdade, é que sua mente vai se acalmando e o intervalo entre um pensamento e outro vai aumentando.

Meditar é treinar a mente para ficar no aqui e agora, onde nada está acontecendo. Não há problemas, não há preocupações, não há compromissos; apenas o silêncio, sua respiração e seu coração batendo.

Há várias formas de meditar e diversos tipos de meditação. Cabe a você experimentar cada um deles e escolher o que mais combina com você.

No início haverá muitas distrações, muitos pensamentos rondarão a sua mente, e isso é absolutamente normal. Não se desespere. O segredo não é lutar contra os pensamentos, e sim não se deixar envolver por eles. Seja o observador dos seus pensamentos; quando alguma ideia surgir na sua mente, espere gentilmente que ela se vá. Não brigue com sua mente nem fique bravo por isso estar acontecendo! Nossa mente simplesmente não está acostumada a não pensar em várias coisas ao mesmo tempo, e a meditação irá exercer o papel de disciplinar ela a reduzir a marcha. Esse processo é lento, então tenha paciência consigo mesmo, não se cobre tanto de cara, dê tempo a si mesmo. Seja gentil consigo, travar uma batalha contra a mente irá te atrapalhar mais ainda e tornar o processo ainda mais difícil.

tumblr_nvx6nejn4f1s2qfr9o1_1280

Exercício de respiração

Você não precisa de nada para começar a meditar, a não ser 3 minutos diários. Comece cronometrando 3 minutos no relógio apenas. Você pode colocar uma música se quiser, pode acender um incenso se quiser, mas nada disso é necessário. Você pode praticar essa meditação no ônibus indo para o trabalho, na pausa do almoço, em qualquer lugar que não haja interrupções durante 3 minutos. Então feche os olhos, relaxe todo o corpo e simplesmente concentre-se na sua respiração. Respire de forma consciente contando devagar até 4 na inspiração, aí você segura o ar durante mais 4 segundos, conta 4 segundos na expiração e segura mais 4 segundos sem ar, aí comece de novo. Essa é a respiração de 4 tempos.

Pensamentos poderão eventualmente surgir nesse meio tempo. Se isso acontecer, imagine-se sentado no topo de uma montanha e visualize trilhos de trem lá embaixo. Imagine que cada pensamento que surgir é apenas um trem passando pelos trilhos, e espere calmamente que ele passe e siga seu caminho.  Você pode colocar um despertador para avisar quando os 3 minutos acabaram, mas coloque bem baixinho para não se assustar.

Faça essa simples meditação todos os dias, sempre que lembrar e puder. Com o tempo, o intervalo entre um pensamento e outro vai aumentar, nem que seja uma diferença de segundos que de início poderá parecer imperceptível, mas é assim mesmo. Esse intervalo é o chamado estado meditativo.

Música

Podemos usar a música e sons como ferramenta de concentração. Mantras, sons da natureza, tigelas tibetanas, som de cristal, tambores… as opções são muitas.

Meditações guiadas

Outra forma de começar a meditar é através de meditações guiadas. Existem meditações guiadas de 10 minutos até mais de 1 hora de duração, então você deve escolher a que melhor se encaixar no tempo disponível que você tiver no seu dia. Existem diversos tipos: contra ansiedade, para alinhar o chakras, contra estresse, para dormir melhor, para despertar e ter um dia melhor, de autocura, para desintoxicação emocional, para mudar padrões mentais, com mantras, e muito mais. Basta você escolher a que melhor se aplique às suas necessidades. As meditações para dormir são uma boa opção para quem não tem muito tempo, pois é só você deitar na cama como de costume, dar o play e ouvir até adormecer.

Mas se você for uma pessoa que adormece com facilidade ao se deitar, é melhor que opte por fazer as meditações durante o dia ou início da noite quando estiver menos cansado, e que faça-as sentado em uma cadeira ou em posição de lótus. Se você tem dificuldade em permanecer na posição de lótus por muito tempo, você pode se recostar na parede ou em alguma almofada, desde que fique com a espinha ereta e o queixo alinhado com o chão.

 

Ferramentas de meditação

 

Aplicativos

Existem vários aplicativos de meditação, mas eu vou indicar dois que são os meus preferidos.

  • Zen App

Amo a interface desse aplicativo, é lindo. A maioria das meditações são pagas, mas há várias gratuitas também. – Disponível para iOS e Android. Gratuito.

  • Insight Timer

Meu aplicativo preferido disparado. Já experimentei vários, mas desde que descobri o Insight Timer, não troquei mais. Ele é quase que completamente gratuito e existem muitas, muuuuuuuitas opções de meditações, é incrível! Apenas baixe, confia em mim. – Disponível para iOS e Android. Gratuito.

Spotify

O Spotify tá cheeeeeio de meditações incríveis de todos os tipos. Para facilitar, criei uma playlist de algumas das meditações guiadas bem legais pra quem está começando.

Clique aqui

Youtube

O Youtube está repleto de meditações de todos os tipos. Aqui estão algumas que eu já fiz e gosto:

Duração: 6min

Duração: 26 min

Duração: 1h 10min

Duração: 31min

Duração: 28min

Duração: 28min

 

Quando e onde meditar

É muito importante que você pratique a sua meditação em um ambiente fechado onde não haja nenhum tipo de interrupção e onde você se sinta confortável. Feche a porta, desligue o celular e, caso more com alguém, peça para que não lhe perturbem nesse meio tempo. Acenda uma luz fraquinha(abajur, velas) e certifique-se que nada irá te atrapalhar durante a prática.

O segredo do sucesso é manter o hábito de meditar diariamente, nem que seja por 3 minutos. Vale mais meditar 3 minutos todos os dias, do que meditar uma vez por semana por uma hora. Aos poucos vá aumentando a duração, mas não se afobe. É primordial que você tenha paciência consigo mesmo, respeite o seu ritmo. E também não se cobre demais. Se um dia você não conseguir ou realmente não estiver afim de meditar, tudo bem. Quando feita por obrigação, a meditação perde o seu propósito, pois ela deve ser algo que faça você se sentir melhor. Se esforce para torná-la um hábito diário, mas se não der, tudo bem.

Espero que você tenha gostado dessas dicas e que possa servir como pontapé inicial na sua prática meditativa e que você consiga criar esse novo hábito tão maravilhoso na sua vida.

 

 

Beijos,

Amanda. ♥

________________________________________________________________________________________

Texto protegido pela Lei do Direito Autoral nº9.610/98. Reposte sempre com todos os créditos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s